Paraquedistas em Seu Habitat Natural

17 de dezembro de 2007 • Por j noronha, em Problogger

Todos especulam sobre o comportamento dos usuários quando chegam a um site. Pois é possível saber e, melhor ainda, acompanhar, o comportamento dos seus visitantes.

A partir de um tópico na lista Monetização, cheguei até o post do Danilo e a uma dica do Revolução ETC.

Trata-se do RobotReplay, um serviço gratuito que “grava” toda a atividade dos usuários do seu site. É possível ver cada link clicado, em uma janela que reproduz a resolução e o tamanho de tela utilizados.

Para isso, é necessário apenas fazer um breve cadastro e adicionar uma linha de código entre as tags <head> e </head>.

No Firefox (versão mais atual) não funcionou, tive de utilizar o IE 7. Não sei se é só comigo ou se funciona em outras versões do IE, por absoluta falta de vontade de descobrir.

Eu testei no final de semana e descobri coisas bem interessantes:

  • Links só são clicados quando em cores diferentes e (na maioria das vezes), sublinhados.

  • A imensa maioria não reconhece links embutidos em fotos.

  • Links de Posts Relacionados são os mais clicados.

  • Eles só lêem os títulos e tentam clicar em tudo que aparece no texto, na esperança de encontrar o que procuram.

  • Posts que contém instruções são lidos e relidos, aparentemente sem sucesso na compreensão, já que são os campeões em comentários desnecessários, uma vez que as respostas já foram dadas.

  • A maioria vai para a página inicial logo que acaba de visualizar a página de chegada, o que desmistifica a história de que anúncios nessa página são desprezíveis.

  • A segunda página mais visitada depois disso é a de categorias (ou tags).

  • Quanto mais fútil o assunto, mais frenético é o movimento do mouse.

Eu gravei um vídeo que mostra o comportamento de um paraquedista típico. Poderia ter gravado outros, mas o padrão de comportamento se repete, com raríssimas exceções.

O que você vê na tela é unicamente o que o programa registra. O cursor que aparece representa a navegação do usuário.

Update

Existe um plugin para WordPress do RobotReplay. Dica do Neto , via Twitter.

Compartilhe

29 comentários

  • danilo • 17/12/2007

    Totalmente excelente!
    Ainda tenho que testar isso em alguns blogs meus.
    Essas coisas chatas de cursos a distância não deixam fazer nada!

    Se nos unirmos e estudarmos essa raça, concerteza teremos cada vez mais dinheiro no bolso.

    Abraço,

    Danilo

    Responder
  • Thássius • 17/12/2007

    Parece que a pessoa não presta atenção em nada que está na tela…

    Responder
  • Cynara • 17/12/2007

    Interessante isso, Noronha. Já testei um software desses ainda no antigo endereço, e é interessante ver a forma como alguns usuários se relacionam com o site. Só não lembro de seu nome agora. Vou aproveitar e testar este no novo endereço.

    Valeu a dica! 😉

    Responder
  • marcus • 17/12/2007

    Talvez anúncios na página inicial não sejam desprezíveis, mas meu CTR era tão baixo que tirei-os. Acho que vou colocar novamente para ver o que vai dar.

    Responder
  • Neto Cury • 17/12/2007

    pqd deveras indeciso hein….rs

    Responder
  • Bender • 17/12/2007

    Repete o padrão de leitura de um jornal, ou seja, segue destaques visuais (links) e semânticos (títulos).

    Responder
  • Marcelo • 17/12/2007

    Ótima dica, valeu e valeu também o Bender pela dica no Twitter!

    Responder
  • Daniel Becher • 17/12/2007

    Noronha, acabei de instalar ‘lá’ e aproveito pra sanar, se possível contando com a tua gentileza contumaz, duas questões:

    1 – Você comenta da incompatibilidade do Firefox. Mas não entendi se é o firefox usando o painel de visualização das sessões ou não contabiliza usuários que usam o FireFox.
    2 – Instalei há uns dez minutos e nada de relatórios. Demora assim mesmo?

    Abraço!

    Responder
  • kadu • 17/12/2007

    – Eles só lêem os títulos e tentam clicar em tudo que aparece no texto, na esperança de encontrar o que procuram.

    – Posts que contém instruções são lidos e relidos, aparentemente sem sucesso na compreensão, já que são os campeões em comentários desnecessários, uma vez que as respostas já foram dadas.

    O primeiro item (que está em conflito com o segundo) não é novidade para ninguém, o título chama atenção e, como tal, recebe mais atenção do sujeito.

    Este segundo item eu só corrigiria o lance de lido e relido, acredito que seja mais como Thássius comentou, a pessoa somente navega, não presta atenção em nada textual que não lhe chame a atenção. Lê uma palavra ou outra e vomita na caixa de comentários. Pensar não é o forte…

    Responder
  • j. noronha • 17/12/2007

    Kadu,
    Eu também achei contraditório, mas é mais ou menos isso. Vários ficam em torno de 5 minutos em um post, tentando entender (sabe-se lá como…). Mas 99% é só título e clique.

    Daniel,
    Para mim demorou mais ou menos uns 15 minutos. No Firefox, começa a carregar a visualização e depois congela, só funcionou no IE mesmo.

    Responder
  • Anderssauro • 17/12/2007

    Não entendi o vídeo, mas o conteúdo do post está muito bom! Instalando o plugin e testando!

    Abraço

    Responder
  • Ale Rocha • 17/12/2007

    Inacreditável o vai e volta na página principal.

    Pela lógica, fico pensando se não é uma boa colocar em negrito os links no meio do texto, já que parece que a pessoa só lê o título e procura por links.

    Responder
  • Rafael Slonik • 17/12/2007

    Vou postar algo a respeito no Blogverde e trackbackarei para cá o/

    Responder
  • j. noronha • 17/12/2007

    Anderssauro,
    O vídeo mostra o que o serviço registra da navegação do usuário. Aquilo é o comportamento de alguém navegando no site.

    Responder
  • Blog Verde » Considerações sobre uma navegação paraquedista • 17/12/2007

    […] Paraquedistas em Seu Habitat Natural  […]

    Responder
  • Era Daniel Bender • 17/12/2007

    adorei isso: http://tinyurl.com/2xyx82

    Responder
  • MaxRaven • 17/12/2007

    Pena que não funciona no FF, esse eu queria ver como funciona.
    Esses dias postei um micro tuto, mais uma complementação com adicionais a um outro, cito todos, etc…, fala para qual sistema operacional é, ai, num dos comentários vem a perola, “como que faço”, pensei comigo na hora, “uai, mais não é o que está escrito ali em cima?”, assim, pelo seu post e os comentários, começo entender melhor o pq da pergunta da pessoa.

    Responder
  • Fanny • 17/12/2007

    Parece bem interessante, mas é meio que util só nos pontos óbvios.

    Caso eu fosse colocar no Fanny in box isso – e talvez coloque realmente – era só para buscar um padrão do tipo de leitor do blog, não me prestaria a ver todos ou ao menos ver um ao dia.

    Talvez faria uma pesquisa mensal e tal. Mas acho que não seria tão nescessario assim, sendo que tudo fica meio padronizado.

    Mas é algo bem util, principalmente para os blogueiros qual o Ego ultrapassa as camadas blogoféricas muito além de pesquisar o próprio blog no google. Voyerismo no blog talvez seja a nova moda do verão.

    Responder
  • Cab • 18/12/2007

    Bem legal mesmo, embora concorde com muitos que já comentaram que isso não é mistério pra mais ninguém, essa ferramenta só existe mesmo pra reforçar o que todos nós acreditávamos. =)

    Sobre os tutoriais, o que há de mais chato mesmo é quando as pessoas perguntam algo que está respondido no texto, dá vontade de mandar ele voltar pra alfabetização pra aprender que ler não é só ler as palavras e sim compreender o que tá lá escrito. =P

    Responder
  • Danilo • 18/12/2007

    Cab, isso acontece, e muito, em um outro blog meu. No texto tá tudo certinho, explicadinho, e o camarada ainda tem coragem de ir lá na caixa de comentários, e comentar, pedindo o que está no texto.

    É demais isso! Geralmente nem respondo esse tipo de comentário, que só serve pra somar em números para o blog.

    Responder
  • Paulo Lima • 18/12/2007

    Muito bom Noronha, através deste recurso podemos analisar mais a fundo os nossos blog, tipo um “debug” real-time, e melhorar algo que ainda não tinhamos visto ou notado antes…

    Vou instalar no MundodasTribos e ver o resultado !

    Parabéns pelo artigo.

    []s

    Responder
  • Vinicius Moreira • 18/12/2007

    Testei o sistema e achei muito bom, vi que terei que fazer algumas alterações no blog. rs
    uma coisa que achei muito interessante foi o fato de clicarem bastane nos posts relacionados, vi que estava perdendo muito com isso, pois soh a 2 dias atras que fui implementar essa funcinalidade no meu blog.
    Abraços

    Responder
  • Danilo • 18/12/2007

    A propósito, valeu pessoal pela dica dos posts relacionados. Estou me divertindo muito com o Robot Replay em meus sites, é claro que não vou deixar lá por muito tempo, porque pesa a página, é muito javascript, mas que é divertido, ninguém pode negar!

    Responder
  • TioSolid • 18/12/2007

    Cara, isso é o ó velho!
    Da pra ver claramente que o que você coloca abaixo (ou ao redor) do seus títulos, e no final dos posts realmente é o que faz toda a diferença.

    Da pra perceber também que ilustrar posts com figuras fluídas ao invés de quadradinhos do lado do post também da um “oh” diferente na atenção do usuário

    Responder
  • João • 18/12/2007

    Utilizando essa ferramenta que grava os caminhos do visitante interfere na velocidade que a página carrega ?

    Responder
  • j. noronha • 18/12/2007

    João,
    Não notei grande diferença, mas conforme o servidor pode ficar lento, já que carrega um javascript. Eu utilizei por 2, 3 dias e removi, apenas para ter uma idéia. Até porque o comportamento dos visitantes não varia muito.

    Responder
  • j. noronha • 18/12/2007

    João,
    Não notei grande diferença, mas pode ficar lento, já que carrega um javascript externo. Eu utilizei por 2, 3 dias e removi, apenas para ter uma idéia. Até porque o comportamento dos visitantes não varia muito.

    Responder
  • Vinicius • 19/05/2008

    No meu blog ele dá um erro maluco na hora de exibir o video…

    Responder
  • Merengues*, paraquedistas e blogagem. | Gerador de Improbabilidade Infinita • 02/07/2008

    […] foi esse aqui. No fim da […]

    Responder

Deixe seu comentário!