Localizada a Menina do Bambu


Há duas semanas publiquei aqui, pegando carona em outros blogs, o texto (acompanhado de um vídeo) chamado Poste, mulher e bambu.

Na ocasião mencionei em resposta ao texto que estava no Cocadaboa que não deveria ser tão difícil assim localizar a menina, haja vista ela ser de Santa Catarina, e não de São Paulo ou do Piauí.

Eu não poderia, naquele momento, imaginar o que aconteceria hoje.

Estava já me preparando para ir dormir quando resolvi dar uma passadinha pelas minhas caixas postais, e deparei-me com a solicitação de moderação do seguinte comentário:

Comment de Odemir
2006-11-30 00:24:55

É minha mãe!!!

hoje ela tem 42 anos e é professora de psicologia…

o nome dela é Edinice

abração pessoal

Então, segundo esse moço, é fácil localizar a Menina do Bambu. Basta escrever um e-mail para ele, né?

Bem, eu pedi ao Odemir que intermediasse uma entrevista com a mãe dele, para falarmos desse que foi o melhor momento da história da televisão brasileira, principalmente se considerarmos que naquele tempo imperava uma ditadura militar que censurava todas as formas de manifestação cultural, e a menina falou “cu” pela primeira vez num programa dominical para a “família brasileira”.

Se eu pudesse encontrar pessoalmente com ela, pediria para ela me dar um autógrafo, com dedicatória e tudo!

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.83
Total de Votos: 12
Localizada a Menina do Bambu

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.