Localizada a Menina do Bambu


Há duas semanas publiquei aqui, pegando carona em outros blogs, o texto (acompanhado de um vídeo) chamado Poste, mulher e bambu.

Na ocasião mencionei em resposta ao texto que estava no Cocadaboa que não deveria ser tão difícil assim localizar a menina, haja vista ela ser de Santa Catarina, e não de São Paulo ou do Piauí.

Eu não poderia, naquele momento, imaginar o que aconteceria hoje.

Estava já me preparando para ir dormir quando resolvi dar uma passadinha pelas minhas caixas postais, e deparei-me com a solicitação de moderação do seguinte comentário:

Comment de Odemir
2006-11-30 00:24:55

É minha mãe!!!

hoje ela tem 42 anos e é professora de psicologia…

o nome dela é Edinice

abração pessoal

Então, segundo esse moço, é fácil localizar a Menina do Bambu. Basta escrever um e-mail para ele, né?

Bem, eu pedi ao Odemir que intermediasse uma entrevista com a mãe dele, para falarmos desse que foi o melhor momento da história da televisão brasileira, principalmente se considerarmos que naquele tempo imperava uma ditadura militar que censurava todas as formas de manifestação cultural, e a menina falou “cu” pela primeira vez num programa dominical para a “família brasileira”.

Se eu pudesse encontrar pessoalmente com ela, pediria para ela me dar um autógrafo, com dedicatória e tudo!

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.83
Total de Votos: 12
Localizada a Menina do Bambu

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.