Gente que só reclama


Reclamações: favor dirigir-se ao setor responsável.

Existem basicamente dois tipos de pessoas no mundo: as legais e as chatas.

Eventualmente as pessoas legais passam para o lado das chatas, raramente as chatas fazem coisas que as transfira para o conjunto das legais.

Basicamente, ou você é um ou é outro.

Com o advento do Twitter ficou mais fácil de descobrir quando você tinha uma ideia errada sobre alguém. Gente que de graça você achava que era chata, de repente descobre que é bem legal.

Ao mesmo tempo, gente que você achava que era legal por ser de alguma forma vinculada a pessoas legais, você descobre que são as mais chatas do planeta.

Tem um tipo de chato que é o pior de todos: o reclamão.

Conheço uma guria, que por respeito à sua provável suscetibilidade não vou nomear, que passa o tempo inteiro reclamando no Twitter. Reclama do calor, do frio, da chuva, da fome (aliás, ela vive com fome, só falta chamar o Abel), do sono (ela também vive com sono), do estacionamento, dos clientes, de tudo!

Não sei o que ela espera conseguir com esse chororô todo no Twitter, mas é certo que namorado é que ela não vai achar. Afinal, homem nenhum gosta de mulher mala.

Principalmente quando no mesmo ecossistema em que se encontra uma chata de galochas dessas há mulheres inteligentes, divertidas, que quando se manifestam é para acrescentar algo a quem está por perto (oi, @Nospheratt). Pena que essas, geralmente, já são casadas — naturalmente.

Mas ainda resta uma esperança: tudo muda o tempo todo, então essas pessoas chatas e inaturáveis também podem mudar. Se não for de atitude, pelo menos que seja de planeta.

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 10
Gente que só reclama

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.