Como responder comentários num blog


Devido a um e-mail do Slonik na Blogosfera acabei conhecendo o Supra-Sumo, que por sua vez está participando da promoção que está sendo realizada pelo BrPoint. Até pensei em participar da promoção do Bruno, mas linkar para seu trabalho é sempre um prazer, e eu não quis ser mais um dos que aparentemente escreveriam sobre o BrPoint apenas para ganhar um domínio.

Mas não era bem disso que eu queria falar. E sim, aproveitando o gancho do Mário para o artigo «As pessoas deveriam parar de se preocupar com o conteúdo dos outros», em que o Bruno traduz em palavras muito bem colocadas o que eu acho de gente que fica só pentelhando e criticando os outros, ao invés de produzir seu próprio conteúdo. Os probloggers, aqueles caras que ganham dinheiro com seus blogs, são dos mais perseguidos pela galera que acha que ganhar dinheiro escrevendo, ou colocando publicidade no site, é prostituir algo sagrado e maravilhoso como a Internet.

O Mário também falar que o Bruno trata seus leitores e comentaristas de maneira amistosa, respondendo todos os comentários.

Eu não faço isso.

No blog Emagrecer eu xingo mesmo as criaturas, principalmente ax ki ixcrevem axim (isso é o miguxês, para quem não sabe) e as que pedem dicas de como adquirir remédios controlados (como sibutramina) sem receita médica.

No Lucrando na Rede eu nem sempre respondo, porque nem sempre tenho as respostas que as pessoas procuram, ou porque os comentários não demandam resposta, ou porque outro leitor chegou antes de mim e respondeu.

Agora, críticos mesmos são os comentários que aparecem aqui, no Blogue, no artigo Curso Gratuito de Português pela Internet. Acesse e dê uma olhada você mesmo. Esteja preparado para presenciar declarações extremas (no sentido de radicais) de desatenção e falta de inteligência. O artigo é curto, e diz o seguinte no primeiro parágrafo:

Acabo de ver que minha amiga Cris Zimermann divulgou a notícia de um Curso Gratuito de Português pela Internet. Vá lá e confira.

Percebeu, caro leitor? Vou dar uma de Kibe e grifar para você saber do que tem de achar graça: vá lá e confira.

Puxa, vida, além de eu dizer que a notícia foi divulgada pela Cris, dar o link para a notícia original e pedir para que a criatura vá lá conferir os dados do curso, chovem comentários de pessoas dizendo “eu quero”… O que custava ler a droga do artigo que tem apenas um parágrafo, e interpretar o texto?

Para esse tipo de leitor eu não respondo. Não adiantaria, não saberiam interpretar a minha resposta também. Ou com o cérebro mutilado que parecem ter, até receberem minha resposta, por mais rápida que fosse, já não lembrariam mais do assunto; se eu respondesse por e-mail ainda me acusariam de spam!

Assim, quem quiser respostas educadas e educativas a seus comentários deve comentar nos blogs do Bruno. E quem quiser receber uma resposta minha apenas se eu tiver algo útil a dizer, que comente aqui ou em qualquer outro dos meus blogs. Só não vale em miguxês,OK?

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.73
Total de Votos: 11
Como responder comentários num blog

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.