Comercial absurdo da Porto Seguro


Okay, o título do post não quer dizer nada, não resume em cinco palavras o que o leitor vai encontrar aqui, mas eu não consegui pensar em nada melhor.

De fato, estes dias eu estava assistindo ao noticiário do meio-dia pela televisão (é raro, mas de vez em quando eu faço isso) e fui surpreendido por um comercial da Porto Seguro, no qual um coroa gordo que parece ser casado com uma balzaquiana pegável diz que resolveu os problemas dos barulhos irritantes do carro instalando um aparelho de som. O detalhe é que ele fica tão empolgado com a aquisição que dança e rebola como se fosse… bem, não sei com o que comparar.

O vídeo que eu vi na tevê é o seguinte.


Link para o vídeo

Quase me mijei de rir, e embora a chance de eu adquirir este produto da Porto Seguro seja mínima (nem carro tenho), é fato que vou lembrar da marca durante muito tempo.

[sec200x200]

Mas o YouTube pode mesmo ser um site maravilhoso: dois cliques após ter encontrado o vídeo acima, encontrei o “making of”, que mostra que os caras da edição deram uma força pro coroa, pois encurtaram o micro dele um bocado: na filmagem dos bastidores ele dança e rebola durante muito mais tempo do que os segundos que aparecem no comercial finalizado. Deram uma boa economizada na imagem dele.


Link para o vídeo

Só espero que para o tiozão aí acima tenham oferecido um cachê condizente com o tamanho do mico que ele pagou: dia desses me convidaram para participar de um comercial de um banco (precisavam de um cara gordo, de barba e bonito — gosto quando reconhecem minhas virtudes além da minha inteligência), mas o cachê era mais barato do que post pago em blog iniciante, para ficar um dia inteiro à disposição da produtora. Aí não vira, não mesmo!

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 12
Comercial absurdo da Porto Seguro

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.