Cinco coisas simples que me deixam feliz (você não vai acreditar na 5)


Todo mundo tem alguma coisinha simples que quando acontece lhe alegra o dia. Eu tenho muito mais do que cinco, mas vou listar aqui cinco que me aconteceram nos últimos dias, e espero que você use os comentários para contar quais coisas simples te fazem feliz.

1. Achar dinheiro no bolso da roupa guardada

Não, na verdade essa não me aconteceu nos últimos dias. Aliás, faz tanto tempo que aconteceu que eu nem lembro mais quando foi.

Mas quando vier a acontecer novamente é certeza absoluta que vou ficar muito feliz, o suficiente para durar até a próxima ocorrência. Afinal, melhor que dinheiro achado é dinheiro achado que já era da gente mesmo!

2. Tomar um café com meus amigos

Meus amigos são excelentes fazedores de café. Adoro tomar café com eles, botar a conversa em dia, e pensar o quanto sou feliz por ter os amigos mais foda do lado de cá do universo conhecido.

E quanto aos que não sabem fazer café, tem muita cafeteria boa por aí, essa inabilidade não é desculpa para deixarmos de celebrar nossa amizade e nossos interesses comuns ou não de vez em quando.

3. Perder o sono de madrugada e botar a leitura em dia

Eu adoro dormir, é sério. Mas quando perco a noite e consigo ler um livro inteiro de madrugada eu também me sinto muito feliz, principalmente quando o livro é bom e fala exatamente sobre anda rondando meus pensamentos ultimamente.

4. Acessar o Netflix e descobrir que aquela série que eu queria ver tem as primeiras temporadas inteiras lá

Quem está acostumado a ver séries pela locadora do Paulo Coelho sabe o quanto é difícil encontrar os episódios mais antigos. O mesmo se dá com os filmes.

Ontem resolvi que queria tirar o atraso de dez anos e finalmente começar a ver Dr. Who. Claro que na supra citada locadora não se encontra nada, mas no Netflix tem várias temporadas completas, vai dar para promover uma larga maratona de fazer nada na frente da tevê curtindo as aventuras do último senhor do tempo.

5. Botar o blog a rodar em HHVM

HHVM (ou HipHop Virtual Machine) é um mecanismo de execução de códigos em PHP usado por sites com grande demanda de processamento (como o Twitter ou o Facebook, onde nasceu a tecnologia).

Desde sempre tem sido um sonho distante conseguir fazer o HHVM funcionar corretamente em situações comuns do dia a dia, sem a obrigação de reescrever código, de alocar um programador do Zuckerberg para fazer a implementação, ou ter de sacrificar animais indefesos em algum ritual de magia negra.

Basicamente, o HHVM funciona como um compilador: ele pega código fonte comum em PHP e converte para o código “de máquina” compatível com as entranhas do próprio HipHop, o que torna a execução deste extremamente rápida. Em tempo: não é exatamente de PHP comum para código de máquina, e sim para bytecode compatível com o HHVM, mas achei melhor simplificar a mensagem.

Por que o HHVM

Há muita coisa Internet afora sobre o fabuloso ganho de desempenho de sites usando HHVM em vez de outros mecanismos de script. Em comum, todos os comentários sobre o tema têm números extremamente favoráveis ao HHVM, aumentando centenas ou mesmo milhares de vezes a capacidade de requisições por segundo que um site é capaz de suportar.

Neste blog, além de o painel do WP ter ficado extremamente mais confortável de usar, o tempo de carga das páginas caiu a menos da metade do que era antes. Em alguns casos o carregamento de uma página completa leva menos de um segundo!

Tenha o seu blog em HHVM você também!

Se você quiser ter seu blog em HHVM também, é simples! Contrate um servidor VPS NX de nova geração da PortoFácil, e peça para testarmos a compatibilidade de seu WordPress com o HHVM.

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.9
Total de Votos: 15
Cinco coisas simples que me deixam feliz (você não vai acreditar na 5)

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Um comentário

  • lufreitas:

    Já disse que te amo hoje? (Becher vai te xingar em 3, 2, 1…)

    Responder

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.