As Lentes Fresnel


Quem tem por hábito estar um pouco mais na Internet já deve ter sido bombardeado com aqueles banners e scraps no Orkut prometendo a maravilha de transformar, por milagre da tecnologia, um televisor fuleiro num super telão de alta definição de 175 polegadas.

Eu jamais compraria uma tranqueira dessas, porque não vejo como uma lente poderia converter a baixa resolução de um televisor comum (nominalmente 320 x 240 pontos) em imagem de alta definição. No máximo conseguiria fazer com que os pontos ficassem gigantescos, mas ainda assim, a resolução manter-se-ia.

Para justificar minha decisão de não gastar dinheiro nestas bobagens saí na própria Internet em busca de mais informações sobre o assunto, e o resultado da minha pesquisa compartilho aqui.

Augustin-Jean Fresnel

Augustin-Jean FresnelO sujeito cujo nome identifica as lentes que os vendedores afirmam fazer milagres era francês, e viveu apenas 39 anos, de 10 de maio de 1788 a 14 de julho de 1827. Era um grande estudioso da Óptica, e as Lentes Fresnel foram imaginadas para servir no melhor aproveitamento da lâmpada de faróis de navegação.

Primeiro ponto negativo para os vendedores de Lentes Fresnel, quando dizem que Fresnel era alemão, quando na verdade ele era francês.

As Lentes Fresnel

A idéia que levou o engenheiro francês a criar o então novo tipo de lente para os faróis foi uma necessidade cada vez maior de lentes mais leves e mais finas. A primeira lente Fresnel, que teria sido posta em uso em 1822, teria permitido que a luz da lanterna fosse visível a uma distância superior a vinte milhas. Para ter idéia da diferença, na segunda referência abaixo você encontrará um artigo da Wikipedia que entre outras coisas tem um gráfico demonstrando a diferença de uma lente Fresnel para uma plano-convexa de potência equivalente.

A idéia é que uma lente Fresnel seja formada por diversos círculos concêntricos, que na verdade são “cortes” de outras diversas lentes que teriam sido “empilhadas” sobre a lente comum, quanto mais externo o círculo mais “potente” a lente a que ele pertencia.

Este tipo de configuração é muito interessante para aplicações em que a qualidade da imagem projetada não seja importante (como no caso da projeção da luz do farol); porém onde a precisão for relevante as lentes Fresnel já não são assim tão adequadas (embora os vendedores digam o contrário).

Os Projetores Baratíssimos

Os argumentos de vendas que essa gente usa para desovar os seus produtos são muito bons, porque fazem qualquer um com mais de dois neurônios pensar, principalmente porque tudo são maravilhas, e em momento algum eles falam em problemas ou efeitos indesejados. Aliás, problemas só para eles, que são “impedidos” de anunciar na TV porque a indústria de televisores pode falir com esse produto “revolucionário” que eles estão importando da Alemanha.

Quanto aos efeitos indesejáveis ao consumidor, por exemplo, é raro que algum deles diga que você vai ter de pôr o televisor de cabeça para baixo, ou a poltrona no teto, devido ao fato de a imagem ser invertida na projeção.

Ninguém fala também no que mencionei lá em cima, no comecinho, acerca da resolução do televisor ser por engenharia dos tubos de raios catódicos bem baixa, adequada às dimensões de projeção do próprio tubo; 320 x 240 pontos projetados em quase 200 polegadas devem produzir pixeis do tamanho de uma bola de tênis, imagino eu.

Porém, o que mais me incomoda nessa história toda é que os caras só vendem uma Fresnel, e “planos” para montagem do projetor! Quem comprar uma tranqueira dessas vai ter que dar um jeito de construir a caixa de projeção, que será acoplada ao tubo de imagem de seu televisor.

Conclusão

Agora você já sabe por que eu nunca vou comprar uma lente dessas na tentativa de ter uma tela de projeção gastando o dinheiro de uma caixa de cerveja. Espero que quem resolver comprar um troço desses não o faça apenas pelas informações constantes no folheto de vendas, mas também baseado em outras informações abundantes na própria Internet, principalmente para não ter suas expectativas muito frustradas ao receber o “produto”.

Referências

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 11
As Lentes Fresnel

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comentários fechados.

Os comentários para este post foram encerrados.