#365Posts – O Roto falando do Amassado

Às vezes o Facebook tem precisão cirúrgica em facultar a quem o frequenta identificar os piores babacas do planeta.


Quem me vê cheio de teorias pela vida pode pensar que eu sou 100% resolvido quanto à babaquice humana, mas não é bem verdade. Embora eu esteja consciente de que a sociedade não tem mais jeito, ainda me choco quando vejo certas coisas.

Estava eu passeando alegremente (#SQN) pela minha timeline quando deparei-me com um post de um amigo, citando uma notícia do Estadão: Pastor é arrastado por correnteza durante batismo de fiéis em rio, cujo único comentário era de um energúmeno que expressava estar mijando nas calças de tanto rir.

Facebook

A despeito de ser uma ironia sem tamanho que o pastor morra afogado justamente durante uma cerimônia de batismo, eu não consigo atinar que falta de empatia é esta que faz um babaca escarnecer deste jeito de uma vida humana?

Da mesma forma, não consigo atinar como uma pessoa que escreve “kkkk” para rir na Internet se acha com envergadura moral suficiente para julgar qualquer coisa da vida dos outros.

Chegou mesmo o tempo de os postes mijarem nos cachorros.

Em tempo: minha vontade era de vomitar todo o nojo que senti do sujeito do comentário, mas contive-me e deixei apenas uma imagem de comentário logo abaixo do dele:

procurandoagraca

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.75
Total de Votos: 12
#365Posts – O Roto falando do Amassado

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.