#365Posts – O Desafio das 52 Semanas

Conheça um desafio a ser executado durante todo o novo ano, cujo objetivo é ensinar a poupar e a desenvolver o gosto pela construção de uma reserva financeira.


Sparschwein_Haspa02

Virada de ano está aí, e o LifeHacker, site gringo que todo mundo deveria conhecer e acompanhar, traz o Desafio das 52 Semanas para poupar cerca de 1400 Dólares em 2014. Se você lê em Inglês pode ir ler o post deles direto, e os comentários dos leitores; caso contrário prossiga a leitura, que vou explicar o básico por aqui.

O desafio consiste em guardar dinheiro, a começar por um único Dólar (ou Real) por semana, e ir aumentando os depósitos semanais numa P.A. de razão 1, ou seja, a cada semana depositar o valor depositado na semana anterior acrescido de um Dólar (ou Real).

Veja a tabela a seguir.

original

Com o intuito de simplificar, daqui por diante referir-me-ei aos valores em Reais, embora a ideia original seja em Dólares.

A tabela mostra os depósitos semanais, e o valor que será acumulado, sem correção monetária. Pelas minhas estimativas, dá para acrescentar — caso as regras e taxas da Poupança não mudem muito com relação a 2013 — mais uns 20 a 30 Reais sobre o valor final.

As vantagens do modelo

Este “desafio” é uma forma de ensinar as pessoas que têm dificuldades em lidar com dinheiro a poupar. O valor inicial é baixo (em Janeiro o total de depósitos será de dez ou quinze Reais), o que permite que qualquer um que tenha alguma sorte de salário fixo possa começar a poupar; e o valor dos últimos depósitos, em dezembro, não deve somar mais do que duzentos e dois Reais, o que também não é assim tão alto, principalmente se considerarmos que a pessoa tem o ano inteiro para ir se adaptando aos depósitos.

Mesmo aqueles que não tenham o menor pendor para a poupança, caso tenham o mínimo interesse em aprender a fazer reserva financeira, serão beneficiados pelo progressivo e suave aumento nos valores dos depósitos. Além disso, sempre será uma satisfação quando a pessoa emitir um extrato de sua poupança e notar que a cada semana os valores vão se tornando cada vez mais vultosos.

Alternativas ao Desafio das 52 Semanas

Há quem sugira modelos alternativos ao formato inicial no qual é apresentado o Desafio das 52 Semanas, sendo que as duas variações mais populares são a inversão da ordem dos depósitos (a pessoa começa depositando 52 Reais, depois 51, depois 50, até chegar a um único Real na última semana) e o formato “um café por dia”, que consiste em fazer depósitos diários, “religiosamente”, do valor equivalente a um café na cidade em que a pessoa mora.

A justificativa para os apoiadores da versão com depósitos na ordem inversa é aproveitar melhor os juros compostos, pois a maior parte do capital ficará investida por mais tempo, maximizando a rentabilidade no decorrer do ano.

Particularmente acho sabotagem fazer isso, porque a ideia é usar os depósitos progressivamente maiores para habituar a pessoa que não sabe poupar a apreciar ver o fruto do seu sacrifício, para ensiná-la a poupar; se a pessoa já começar poupando um valor alto, então ela não precisa de subterfúgios para fazer economia (ou seja, começar do fim é uma puta falta de sacanagem).

Da mesma forma, há quem diga que poupando o equivalente a um café por dia também possa o sujeito, ao cabo de um ano, acumular quantia semelhante à garantida na proposta original do Desafio. Ora, considerando um café que custe aproximadamente quatro Reais, temos, desconsiderando os juros da poupança:

R$4,00 x 365 dias = R$1.460,00

Porém, a dificuldade de se programar uma transferência diária de quatro Reais da conta corrente para a poupança pode inviabilizar o plano, principalmente se a pessoa, como eu, mantiver conta corrente em um banco e poupança em outro.

Dos modelos alternativos, com o objetivo de ensinar a construir uma reserva financeira, o que mais me agrada é o do dízimo: a pessoa, ao receber algum valor para si, imediatamente guarda 10% do valor em uma poupança, antes de usar o dinheiro para qualquer outro fim.

Seja qual for a escolha, o importante é poupar. Se além de tudo a poupança puder ser uma atividade divertida, tanto melhor.

Compartilhe

Glossário
P.A.
Progressão Aritmética

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 11
#365Posts – O Desafio das 52 Semanas

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.