#365Posts – Fair Play ou burrice?


Por força dos compartilhamento no Feice cheguei a um post sobre um corredor espanhol que em dezembro passado deu exemplo de fair play: ele estava correndo em segundo lugar, quando viu o líder da prova diminuir a marcha uns 20m antes, por achar que já tinha cruzado a linha de chegada; seu exemplo de fair play consistiu em diminuir a marcha também, com o fito de não tirar a vitória do adversário.

É claro que eu poderia me cadastrar naquele site e deixar um comentário lá, mas aí eu teria de me equiparar à mais baixa forma de vida, que é o comentarista de portal de notícia. Teria de aturar aquela gente que se mete em qualquer assunto para comentar sobre política. De ler um monte de crentes falando de deus e diabo como se o deus deles fosse o único Deus — um deus tão merda que consegue nem dar jeito no diabo. De ler um bando de fanáticos ateus chamando os crentes de ignorantes. E por aí vai.

O fato é que, tecnicamente falando, o espanhol tinha todo o direito de tomar a vitória do queniano. Seria uma medalha de ouro ganha limpamente, com toda legitimidade. O técnico do bom moço, segundo palavras do post que serve de referência, “parece que não gostou” da atitude do atleta.

E o atleta espanhol sabia disso, com certeza. Sabia que seus pares o julgariam, provavelmente o condenando por ter deixado uma medalha de ouro escorrer por entre seus dedos.

Ainda assim ele fez o que sabia ser o certo. Mesmo sendo uma competição entre indivíduos, mesmo tendo toda a vontade de ser o campeão, mesmo sabendo de tudo, ele também diminuiu a marcha, e reorientou o seu adversário para que concluísse a prova em primeiro lugar, e conquistasse a medalha.

É de homens assim que o mundo sente falta. De gente que não vende seus valores por um pedaço de ouro, ou pela pretensa fama. Muita gente vai dizer que o espanhol foi um idiota, um burro. Espero que digam em voz bem alta, que se identifiquem facilmente, porque de gente assim quero distância.

Compartilhe

Glossário
Feice
Facebook, claro. Já está permitido chamar assim, né?

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.4
Total de Votos: 10
#365Posts – Fair Play ou burrice?

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.