#365Posts – Configurando boot em modo texto no Ubuntu 12.04

Um tutorial para desabilitar o "boot gráfico" do Ubuntu, que mais atrapalha do que ajuda a vida de um administrador de sistemas.


Uma das piores chatices do Ubuntu 12.04 “padrão” é que ele vem com o tal do Plymouth ativo, cujo objetivo é esconder as assustadoras mensagens que o sistema operacional emite durante a inicialização.

sdfdsf

Rocha de Plymouth – saiba mais

Até acredito que para quem use o Ubuntu em uma máquina estritamente doméstica faça algum sentido ocultar as mensagens do boot, e ficar um tempão olhando para uma tela roxa com umas bolinhas piscando. Mas para um administrador de sistemas, não saber o que está acontecendo durante a inicialização de uma máquina, principalmente se for um servidor, é causa de paranoia e desespero.

Penei um bocado para conseguir desabilitar de maneira definitiva o “boot gráfico” nos meus VPSs Ubuntu, então resolvi colocar o passo a passo aqui para minha futura referência, ou para a de quem eventualmente venha a precisar.

Desativando o boot gráfico no Ubuntu 12.04

O primeiro passo é editar o arquivo /etc/default/grub. Neste arquivo deve-se modificar a variável GRUB_CMDLINE_LINUX conforme abaixo:

GRUB_CMDLINE_LINUX="init=/sbin/init -v noplymouth INIT_VERBOSE=yes"

Em seguida deve-se remover o comentário que antecede a linha GRUB_TERMINAL, que deverá ficar configurada conforme abaixo:

GRUB_TERMINAL=console

Logo em seguida, deve-se adicionar a linha abaixo, logo depois da linha cujo comentário acabou de ser removido:

GRUB_GFXPAYLOAD_LINUX=text

Agora é só salvar o arquivo, atualizar o Grub e reiniciar o servidor:

update-grub
reboot

Pronto, agora é só curtir o bom e velho boot em modo texto.

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.36
Total de Votos: 11
#365Posts – Configurando boot em modo texto no Ubuntu 12.04

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.