#365Posts – a experiência de blogar no Android


Já faz um tempo que venho pensando em escrever acerca de como os dispositivos móveis, como celulares e tablets vêm facilitando (ou não) a vida de quem faz uso da tecnologia para trabalhar.

Por exemplo meu amigo , colunista do Meio Bit, jornalista por profissão: não é de agora que ele vem dizendo publicamente que usa apenas o iPad e eventualmente um teclado e externo para fazer coberturas de eventos com eficiência e conforto.

Recentemente fiz uma atualização não oficial da ROM do Galaxy Note para a versão Jelly Bean do Android e é a partir dessa experiência que vou expressar meu ponto de vista doravante.

Cliente WordPress

Quem está acostumado a blogar no desktop, com todas as facilidades que as versões novas do WP facultam, com certeza se irrita com a pobreza do cliente oficial para a plataforma Android. Coisas relativamente simples, como inserir um subtítulo no post são extremamente complicadas — só saberei se o que inseri acima ficou certo quando abrir este post no próprio WordPress.

Entretanto, poder usar reconhecimento de escrita manual para escrever direto na tela do tablet, principalmente considerando ir que o Galaxy Note conta com uma “canetinha” sensacional, ou usar reconhecimento de fala para, literalmente, ditar os posts, proporcionam uma experiência bastante animadora e interessante.

Sobre o reconhecimento de fala posso dizer que não é perfeito mas ajuda bastante. Talvez seja necessário adequar ritmo e dicção para que o dispositivo reconheça melhor cada palavra. Os erros de reconhecimento mais comuns são o mas e o mais — o que qualifica o Android para participar do BBB..

Como podem notar, o que torna a tarefa de blogar no Android menos enfadonha é a variedade e a eficiência geral dos métodos de entrada de texto que este sistema oferece. Por esta razão afirmo que sem um teclado convencional externo a experiência de escrever textos longos no Android ainda não é (e talvez nunca seja) boa o suficiente para mim.

Inserção de imagens

image

Como nem poderia deixar de ser, incluir uma imagem a partir da galeria de imagens é muito simples, basta clicar e selecionar a imagem. Contudo, não é possível, pelo menos não atinei como se faz, para adequar as dimensões do gráfico. Veremos o resultado ao publicar o post.

Conclusão

Digito a conclusão deste post no iMac, no conforto do teclado externo, monitor de 27 polegadas, e todos os penduricalhos a que estou habituado no WordPress.

Isso porque fiquei profundamente irritado com o fato de o cliente WordPress do Android ter substituído minhas tags <h2> por tags <strong> nos subtítulos do texto, bem como por não ter a opção de sequer escolher o alinhamento e a legenda das imagens enviadas para o post.

Assim sendo, é correto dizer que apesar das dificuldades de se entrar texto em um dispositivo de dimensões reduzidas como um celular ou tablet, o Android pode ser suficientemente satisfatório para uma emergência, ou para quando simplesmente não haja um computador disponível (eu prefiro blogar do tablet ou do celular do que usar computador de lan-house, por exemplo).

Compartilhe

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 13
#365Posts – a experiência de blogar no Android

Janio Sarmento
Administrador de sistemas, humanista, progressista, apreciador de computadores e bugigangas eletrônicas, acredita que os blogs nunca morrerão, por mais que as redes sociais pareçam cada vez mais sedutoras para as grandes massas.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.